Inovar Empreendimento

Como Saber se é Hora de Inovar no Meu Empreendimento?

A inovação é um desafio para o empreendedor e pode ser decisiva para a continuidade do seu negócio.

Índice de Conteúdo

Qualquer empresa pode se tornar inovadora, e apenas as inovadoras sobreviverão aos próximos anos.

Portanto, a decisão de inovar está intimamente integrada à decisão de continuar no mercado de forma competitiva e crescer de forma sustentável.

Para inovar, o empreendedor tem que se apoiar em um tripé:

  • Atitude;
  • Planejamento;
  • Realização.

O primeiro item, ATITUDE, significa tomar a decisão de mudar, de sair da zona de (des)conforto e predispor-se a correr riscos, já que não ter medo de arriscar é a primeira condição para fazer diferente.

O segundo item, PLANEJAMENTO, significa identificar as oportunidades e preparar-se para se apropriar delas, utilizando recursos técnicos, habilidades e competências, além das ferramentas adequadas de gestão da inovação que lhes permitirão gerir os fatores de produção (pessoal, processos e ambiente).

O terceiro item, REALIZAÇÃO, é por em prática a ideia inovadora, realizá-la e torná-la rentável para o negócio.

Mas qual seria o momento propício para inovar?

A sensibilidade do empreendedor dirá que esse momento ocorre quando há evidente necessidade de criar um impacto na competitividade de seu negócio, quando se deve competir por meio da inovação.

Alguns sintomas vão aparecer e indicar ao empreendedor a hora de inovar

1 – Quando continuar a fazer o que sempre foi feito, não trouxer mais resultado.

Existem momentos na vida de um negócio que parece que houve uma estagnação.

Os resultados começam a diminuir e há perdas de clientes e vendas.

Esse é um dos sinais de alerta para a necessidade de mudança.

2 – Quando os clientes não escolherem mais a sua empresa entre as suas preferidas.

Pergunte-se sempre qual a razão de um cliente entrar em seu estabelecimento e comprar seu produto ou serviço.

Entenda suas razões e procure sempre satisfazê-las.

3 – Quando a qualidade ou preço não são mais diferenciadores.

Entenda como se processa o ato de compra do cliente.

Saiba distinguir qualidade e preço de valor.

Clientes buscam por valor. Crie propostas de valor para reter seus clientes.

Valor para o cliente é diferente de preço, embora muitos empresários ainda façam confusão entre esses dois conceitos.

4 – Quando a imagem da empresa estiver associada ao passado.

Gerencie seu negócio olhando para frente e não pelo retrovisor.

É claro que marca e tradição são importantes, mas mesmo as marcas mais tradicionais e famosas mudam seus produtos, mensagens e modelos de negócio.

O que você deve preservar são os valores associados à marca e ao negócio.

5 – Quando o curto prazo impedir a formulação de uma estratégia de futuro.

Tenha sempre em mente a visão de seu negócio.

Isso faz parte do planejamento.

Visão é para onde você quer ir com seu negócio e isso deve estar sempre em sua mente de empreendedor.

Por fim, entenda a inovação como um processo fundamental e imprescindível para o sucesso de sua empresa, não importa qual o seu tamanho ou ramo de atividade.

A Inovação deve ser tratada como um processo, por ser contínua e constante, e não como um projeto pontual e esporádico.

Esse é o grande equívoco que cometem muitos empresários, inovam uma vez e pretendem permanecer no mercado indefinidamente com sua inovação.

A hora de inovar é toda hora, mas esteja preparado para inovar.

Lembre-se das três partes do tripé: ATITUDE, PLANEJAMENTO e REALIZAÇÃO.

Boa sorte.

Este conteúdo foi útil?

Rolar para cima