Mãe e Empresária

Mãe e Empresária – Sem Tempo para Cuidar dos Cabelos

Os cabelos fazem parte da moldura do rosto, tendo um papel fundamental na estética feminina. A perda deles afeta intensamente a autoestima.

Índice de Conteúdo

As mulheres, quando se deparam com um quadro de queda de cabelo, geralmente fazem de tudo para mantê-los.

Essa perda de cabelos costuma chegar arrasando a autoestima.

Pode ser um grave problema para quem vive a realidade da calvície, principalmente quando se manifesta em mulheres que naturalmente se preocupam muito com a questão estética e sentem que seus cabelos têm uma grande influência sobre sua personalidade.

Esse quadro geralmente as leva a se excluírem socialmente e, em muitos casos, desencadeia graves problemas de depressão.

Entre as mulheres, uma das principais causas de queda de cabelos é a menopausa, que se manifesta entre os 45 e 60 anos, podendo vir até um pouco antes, causando um desequilíbrio hormonal no organismo da mulher, que experimenta uma queda no hormônio estrógeno, que estão diretamente ligados à perda dos cabelos.

Durante a gestação, o organismo da mulher tem o nível de estrógeno aumentado, o que lhes dá um aspecto de cabelos cheios e volumosos.

Porém, após o nascimento do bebê, esse nível de estrógeno tem uma queda brusca que leva à uma perda excessiva dos cabelos, que dura em média até o sétimo mês de amamentação.

Na maioria dos casos, o quadro é reversível, porém em alguns existe a necessidade de intervenção.

Nessas novas mamães, essa queda de cabelos pode se agravar, pois passam a ter noites mal dormidas, devido à amamentação e cuidados com o bebê, levando ao cansaço físico e ao stress e a uma queda dos níveis de vitamina pela má alimentação em uma fase em que elas necessitam de uma nutrição adicional devido à amamentação.

Em dias que a mulher está cada vez mais presente no mundo empresarial, o stress e a má alimentação também são grandes responsáveis pela queda de cabelos.

Stress esse causado pela dedicação e dinamismo que o mundo de negócios exige e muitas vezes envolvendo situações de risco financeiro e decisões arrojadas.

Situação que exige muito dessas mulheres que vivem um dia a dia corrido e acabam se descuidando da alimentação, fazendo o consumo de refeições rápidas e com nível calórico baixo, levando-as a uma queda nos níveis de vitaminas essenciais para o crescimento saudável dos cabelos.

Sabemos que para uma mulher do mundo de negócios, é primordial que haja competência nas funções executadas, uma boa aparência pode ser um ponto decisivo em um compromisso profissional, como uma reunião ou atendimento a um cliente.

Dando mais credibilidade, diferenciando-a das demais, elevando a auto estima e, consequentemente, dando maior ânimo para desenvolver suas funções e aumentando sua produtividade.

A presença dos cabelos está relacionada à saúde, juventude, vigor, fazendo parte da identidade pessoal de cada indivíduo.

Se para um homem é difícil se apresentar socialmente com a calvície, imagina para uma mulher que tem muito de sua personalidade nos cabelos.

A mulher que perde os cabelos dificilmente irá se apresentar com a calvície, aderindo ao uso de chapéus, lenços, perucas ou algum outro acessório que possa esconder a área calva.

Quem sofre com a falta de cabelos está sempre à procura de alguma solução capaz de reverter o quadro, e nessa busca costumam intensificar mais ainda a queda ao fazerem o uso indevido de medicamentos ou loções que agridem quimicamente o couro cabeludo.

Existem vários tratamentos e alternativas disponíveis no mercado e recentemente pudemos conhecer a Micropigmentação Capilar, que é um processo de dermopigmentação, ou seja, usa o implante de pigmentos através de micro agulhas para tratar e camuflar a calvície.

Entre as pessoas que procuram esse procedimento há um grande número de mulheres, cerca de 30%, e entre essas temos um grande número de mulheres na menopausa que apresentam rarefação devido a uma queda difusa e empresárias que apresentam queda de cabelos devido ao stress.

Nas mulheres que estão amamentando aconselha-se terminar a amamentação e caso não haja uma recuperação capilar após essa fase poderão se submeter ao procedimento.

A maioria das mulheres que procuram resolver seu problema com a Micropigmentação Capilar, antes já tentaram várias alternativas de tratamento, onde não obtiveram resultados satisfatórios.

A Micropigmentação Capilar é um procedimento que camufla a calvície, escurecendo o fundo claro do couro cabeludo.

Na maioria dos casos, pode ser realizado em uma sessão de aproximadamente 4 horas, resolvendo de maneira imediata, com resultados naturais que irão durar em média quatro anos.

Nas técnicas utilizadas em mulheres, na execução usam-se vários tons de pigmentos dependendo da cor dos cabelos.

É um procedimento que para realizar não é necessário cortar os cabelos, não necessita internação, corte (incisão) ou pontos (suturas).

Os materiais usados, como pigmentos e agulhas, devem ser autorizados pela ANVISA e Ministério da Saúde, esterilizado de uso único e descartável.

Ao terminar o procedimento de Micropigmentação Capilar, as mulheres quando se olham no espelho ficam muito emocionadas ao verem seu novo visual, tendo a certeza que ficaram livres dos traços da calvície e de um problema que já imaginavam não ter mais solução.

São resultados que impressionam e emocionam.

Após realizarem a Micropigmentação Capilar se livram do desconforto do uso de turbantes, chapéus, bonés e perucas.

É um procedimento que vem ajudando as mulheres a se reintegrarem socialmente, profissionalmente, recuperando sua autoestima e até resgatando relacionamentos amorosos, trazendo elas de volta para a vida.

Lindas, confiantes e com seus cabelos de volta.

Este conteúdo foi útil?

QUER TURBINAR SUA CARREIRA?

Receba conteúdo sobre Carreira.

   

Cadastrado com Sucesso!

Rolar para cima